Dica da semana

O peso corporal é homeostaticamente controlado para ser mantido num determinado valor. Quando ocorre perda de peso, diversos mecanismos compensatórios são ativados na tentativa de restaurar o peso anterior. Por isso, o uso combinado de medicações com mecanismos de ação diferentes muitas vezes faz-se necessário por controlar melhor as múltiplas vias responsáveis pela fome e saciedade. 04-10-2018
A terapia de reposição hormonal na menopausa está indicada atualmente para mulheres abaixo de 60 anos ou que estejam na menopausa há menos de 10 anos e que apresentem sintomas vasomotores significativos (calorões) ou para mulheres referindo ressecamento vaginal e dor na relação sexual e que não apresentem contra-indicações ao tratamento, tais como câncer de mama, risco cardiovascular elevado, AVC e história de trombose. 26-09-2018
Você sabia que o pico de massa óssea ocorre por volta dos 25 anos de idade? A obtenção de um pico máximo de massa óssea é considerada a melhor proteção contra a perda óssea relacionada à idade e é influenciado pela genética e por fatores ambientais, como uma alimentação rica em cálcio e a realização de exercícios regulares, sobretudo aqueles com alguma resistência ou impacto! A prevenção da osteoporose começa na infância! 21-09-2018
A realização regular de exercício reduz o risco de hipertensão arterial assim como auxilia no controle da pressão em pacientes em tratamento para a doença. Além disso, indivíduos ativos apresentam um risco 30% menor de desenvolver hipertensão arterial em relação aos sedentários! 14-09-2018
Apesar da nossa preferência naturalmente adquirida por alimentos doces, é possível modificar os padrões alimentares de acordo com o tipo de alimentação instituída. O desenvolvimento do paladar é plástico, podendo-se mudar as preferências alimentares, mesmo em adultos, através da exposição repetida a determinados alimentos sob diversas preparações. 06-09-2018
A "gordura no fígado" caracteriza-se por uma infiltração gordurosa que pode estar associada a uma inflamação no fígado na ausência de causas secundárias como ingestão significativa de álcool, algumas medicações (corticoide, ácido valproico, antirretrovirais, amiodarona) e doenças hereditárias que possam causar dano progressivo ao fígado. Uma perda de apenas 5% de peso é capaz de melhorar a infiltração de gordura sendo que uma perda superior a 10% melhora significativamente a inflamação hepática! 30-08-2018